Uma das primeiras coisas que aprendi é que não precisamos de um cargo de liderança para liderar e transformar equipes e ambientes. Quando herdamos lógicas das organizações hierárquicas e aprendemos a nos livrar da culpa de estar liderando algo que ninguém nos deu um título para liderar é uma enorme coisa.

Hoje o que me faz imensamente feliz e agradecida é não trabalhar em uma empresa hierárquica e limitadora de iniciativas, muito pelo contrário, aqui se temos uma ideia, podemos fazer, colocar em prática.

Temos espaço e abertura para movimentos inovadores, existe como se fosse uma crença de que estamos sempre fazendo o nosso melhor, jamais ouvimos por aqui “vocês podem fazer melhor”, estamos sempre fazendo o nosso melhor, agregando sempre novos conhecimentos e crescendo juntos, pois, se algo dá errado aprendemos e evoluímos com os erros, tornando a falha em aprendizado. Sempre as coisas acontecem em conjunto, acredite aqui sempre encontramos aliados.

Quando se trata de fazer as coisas acontecerem eu me vejo como uma pessoa animada, e sempre que identifico algo que possa melhorar, sempre tomo a iniciativa, os erros acontecem, porém, todos trazem aprendizados enormes, e esse aprendizado me ensinou que para ser líder, não precisamos ser chefe de ninguém:

Ser líder, jamais chefe: Quando temos uma visão e levamos essa visão para mais pessoas faremos acontecer, podemos liderar ideias, ter iniciativas e empenhar pessoas para isso acontecerpodemos entender que liderar é fazer com que coisas aconteçam por intermédio de outras pessoas inclusive com outras pessoas. Você sendo uma pessoa que toma decisão e tem responsabilidades você está liderando.

Mandar, não é liderar: Liderar não é controlar, mandar, gerenciar. Todos temos responsabilidades, porém, como líder nosso trabalho é compreender onde cada pessoa encontra-se e como percorrer com ela até onde queremos chegar.

Abraçar todos os problemas, não ajuda a resolvê-los: Dividir com o time problemas sem procurar resolver tudo sozinho auxilia a abrir espaços de lideranças e principalmente o compartilhamento de responsabilidades essencialmente em times auto-gerenciáveis. Se você está o tempo todo ocupado, ou aparenta isso você acaba se distanciando das pessoas, pois, por muitas das vezes elas não querem te atrapalhar e isso acaba atrapalhando a comunicação.

Não confunda pessoas com recursos: Aprendi que ninguém precisa fazer as coisas como eu faria, nem ao menos no tempo que eu faria. Humildade e respeito possibilitam que você se abra para as pessoas e as ideias que elas têm.

Dar sempre o seu melhor: Quando damos o nosso melhor inspiramos e engajamos pessoas.

Pessoas, nada mais que pessoas: Sem elas, nada acontece.

Liderança é uma caminhada e jamais um cargo!

Toda minha caminhada aqui tem sido bastante preciosa, provocadora e prazerosa para mim. Hoje só tenho a agradecer as pessoas que estão comigo nessa jornada, tenho bastante a aprender todos os dias.

Até a próxima.