Um profissional despreparado na posição de liderança é um grande problema para a empresa:

* Desmotiva liderados
* Não atinge resultados
* Inibe talentos
* E outros tantos

Acontece que é necessário clareza de onde se quer chegar a esta liderança, e muitas vezes, este objetivo não é claro, ou em alguns casos, nem existe.

Em casos como este é necessário que haja uma definição de onde se quer chegar em termos de propósito, não somente nos aspectos financeiras e numéricos.

Com este direcionamento de onde se quer chegar, o papel do líder é o de ser o continuista de seus liderados. E o que isto quer dizer?

Quando um filme ou novela é gravada, em sua produção existe o papel do continuista. Ele garante que as cenas gravadas tenham continuidade entre si: os personagens usem a mesma roupa, o mesmo penteado, a cena tenha os mesmos móveis e assim por diante.

Seu papel não é controlar, mas garantir a continuidade com ritmo e direção.

Assim é o papel do líder.

Em relação aos seus liderados, seu papel não é de controlar o que cada um faz ou deixa de fazer mas sim dar direção e significado, estabelecer combinados, remover impedimentos e ser duro com os combinados não respeitados.

Tão ruim quanto o controle demasiado do líder e sua total ausência, “delargando” atividades ao invés de delegando e mantendo-se próximo e disponível.

Portanto, se há liderados que não tenham clareza do que se espera e os combinados, trate de incorporar a técnica do continuista e dar significado aos que trabalham com você.