Você sabe do que se trata o termo machine learning? Em uma análise inicial, esse conceito pode parecer um pouco distante para muitas empresas. No entanto, trata-se de uma funcionalidade não tão complicada!

Está interessado em saber mais sobre o tema? Neste post, explicaremos detalhadamente o que é o machine learning, qual é a diferença entre machine learning e inteligência artificial e informaremos quais são as principais vantagens dessa estratégia. Continue a leitura!

O que é o machine learning?

A tradução desse termo já nos fornece dicas em relação ao seu significado. Isso porque, traduzindo para o português, “machine learning” significa aprendizado de máquina. Dessa forma, essa técnica faz referência à ideia de máquinas que apresentam a capacidade de aprenderem sozinhas por meio da análise de uma grande quantidade de dados.

Esse procedimento é feito por meio de algoritmos e do Big Data. Com um grande volume de dados, fica mais fácil identificar padrões de dados, criar conexões entre as informações e, assim, aprender a executar uma determinada atividade sem a ajuda humana e de forma inteligente.

É importante destacar também que os algoritmos utilizam as análises estatísticas com a intenção de prever respostas mais precisas e, com isso, podem entregar melhores resultados e com menos probabilidades de erros. Muito bom isso, não é mesmo?

Além disso, o machine learning pode ser dividido em duas categorias: supervisionada e não supervisionada. No primeiro tipo, o ser humano precisa interagir para controlar a entrada e saída de dados. Além disso, ele interfere no treinamento da máquina ao fazer comentários em relação à precisão das previsões. A máquina ainda consegue aplicar o que foi aprendido no algoritmo, utilizando esse conhecimento nas próximas análises.

Na categoria não supervisionada, por sua vez, os algoritmos fazem o uso do deep learning (aprendizagem profunda, traduzindo para o português) com o intuito de processar tarefas complexas sem a necessidade do treinamento humano.

Qual é a diferença entre machine learning e inteligência artificial?

Muita gente confunde os significados de machine learning e inteligência artificial, afinal de contas, esses conceitos se relacionam e são parecidos. No entanto, eles apresentam algumas diferenças entre si.

A inteligência artificial (IA) refere-se à capacidade de uma máquina imitar algumas características do ser humano. Pode ser, por exemplo, a tradução de idiomas, tomada de decisões, reconhecimento de fala etc.

O machine learning, por sua vez, é uma divisão ou um subconjunto da inteligência artificial. Dessa forma, podemos dizer que toda a aprendizagem da máquina conta com IA, no entanto, nem toda IA apresenta aprendizado automático.

O machine learning refere-se à capacidade de os computadores aprenderem sem serem programados de forma explícita. Essa ferramenta, portanto, apresenta a capacidade de aprender ou modificar-se quando exposta a um grande volume de dados. Com isso, podemos afirmar que o aprendizado de máquina é dinâmico e não há a necessidade de intervenção humana para realizar algumas mudanças. Isso torna o sistema menos dependente de especialistas humanos.

Quais são as principais vantagens do machine learning?

Inicialmente, as ferramentas do machine learning podem parecer um pouco onerosas. No entanto, elas apresentam algumas vantagens. Entre elas estão a capacidade de fazer o processamento de um grande volume de informações, a otimização das conversões, o aprendizado com comportamentos passados e o conhecimento do cliente. Falaremos sobre essas vantagens a seguir. Confira!

Processa grande quantidade de dados

O aprendizado de máquina tem a capacidade de fazer o processamento de um grande volume de informações e de fontes diversas. Com isso, torna-se possível revisar os dados e ter acesso a eles de forma constante.

Caso esse modelo seja bem treinado, o machine learning pode ajudar a sua empresa a identificar informações relevantes (comportamento do cliente, panorama do mercado da sua área de atuação etc.), transmitir as informações certas e ainda tem a capacidade de automatizar os processos internos da sua organização, o que contribui para otimizar a produtividade do seu negócio.

Vale destacar ainda que essa ferramenta pode consumir dados e identificar padrões ou informações relevantes em tempo real.

Aprende com comportamentos passados

Outro aspecto positivo em relação a essa tecnologia é que essa ferramenta tem a capacidade de aprender com resultados passados, com o objetivo de aperfeiçoar, de forma contínua, as previsões com base em dados novos.

Descobre as especificidades de cada cliente

Sem dúvida, o conhecimento das características dos clientes é vital para os negócios, pois ajudam as empresas a direcionarem a comunicação, as campanhas de marketing e vendas de forma a atender os interesses dos consumidores.

As ferramentas de machine learning ajudam as empresas a segmentarem os clientes. Dessa forma, torna-se mais fácil identificar vários segmentos do público-alvo e descobrir padrões comportamentais de forma mais precisa. Todos esses dados poderão ajudá-lo a segmentar os clientes de maneira adequada e, assim, será possível que a sua empresa guie cada indivíduo na sua jornada de compra.

Além disso, é importante destacar que o aprendizado de máquina é capaz de calcular o valor de vida útil do cliente com precisão, o que permite que as empresas possam fazer interações precisas com os consumidores.

Agora, você deve estar se perguntando: o que significa o valor da vida útil do cliente? Essa métrica é calculada baseada no histórico demográfico, de compras, de interações nas campanhas de marketing e ações que cada cliente toma.

Auxilia na conversão

Um consequência positiva do tópico anterior é que o aprendizado de máquina atua sobre os resultados obtidos, sendo possível trabalhar o marketing de maneira mais dinâmica e alinhado aos interesses dos consumidores. Com isso, aumentam-se as chances de retenção e conversão de clientes específicos, ou seja, as empresas que adotam essa prática tendem a aumentar o número de vendas.

O machine learning é uma tecnologia muito útil para as empresas, pois essa ferramenta é precisa na análise de dados, identifica padrões e consegue aplicá-los da melhor forma. Considerando os benefícios abordados sobre essa tecnologia, vale muito a pena contar com essa ferramenta no seu negócio.

Este post sobre machine learning foi útil para você? Entre já em contato com a gente! Estamos dispostos a ajudá-lo a esclarecer as suas dúvidas em relação ao tema.